3 NAÇÕES, UMA MISSÃO


PORTUGAL > CUBA > BISSAU > PORTUGAL: MAIS UMA OPERAÇÃO AÉREA MUITO ESPECIAL OPERADA PELA SATA AZORES AIRLINES. UM LONGO VOO É CERTO, MAS ACIMA DE TUDO, UMA VIAGEM EMOTIVA. 

QUERENDO PARTILHAR O QUE HÁ DE MELHOR EM NÓS, CONVIDAMO-LO PARA MAIS ESTA VIAGEM NA NOSSA COMPANHIA PARA QUE POSSA CONHECER UM POUCO DESTE MARAVILHOSO MUNDO DAS VIAGENS, DOS SONHOS, DOS REENCONTROS, DOS ABRAÇOS FRATERNOS E DOS BONS SENTIMENTOS.

Eram cerca de 22H00 em Bissau, quando o Airbus A321neo LR se fez à pista do Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira. A bordo, seguiam médicos, enfermeiros e técnicos de saúde de nacionalidade Cubana que vieram para auxiliar a Guiné-Bissau no combate à COVID-19.

Recebidos de braços abertos, a emoção de quem acolhia transparecia nos olhares de quem tanto ansiava pela chegada do auxilio médico.  Após mais de oito horas de voo, a comitiva de profissionais de saúde desembarcou e, minutos depois, ainda na pista, desenrolou, num gesto simbólico e orgulhoso, a bandeira de Cuba. O Primeiro-Ministro da Guiné Bissau, antes mesmo da aterragem da aeronave, já expressava publicamente o seu agradecimento e reconhecia a “prontidão e compaixão desde sempre demonstrada”.

No regresso a Lisboa, e após a curta escala em Bissau, a tripulação da SATA Azores Airlines voltou aos seus postos, pronta para acolher 170 passageiros que, surpreendidos pela COVID-19, se encontravam retidos na Guiné-Bissau e esperavam ansiosos pelo regresso aos seus Países de origem ou de residência. Um voo noturno, tranquilo, de regresso a casa, que chegou a Lisboa, antes mesmo do nascer de um novo dia.

São missões como esta, nas quais a SATA Azores Airlines tem tido a honra de participar, que deixam recordações para a vida.  Fazem prova de que a união entre os povos e as Nações, a compaixão e o espírito de entreajuda emergem nos momentos mais difíceis.

É, simultaneamente, uma missão; um trabalho a cumprir; a surpresa da emoção do momento que perdurará no coletivo e o inegável privilégio de voarmos juntos.