Mensagem do Presidente do Grupo SATA Azores Airlines

A aviação esteve em modo pausa, mas não foi tempo de cruzar os braços. Nos últimos três meses, vivemos uma realidade que não conhecíamos. Nem sete décadas de experiência na aviação civil nos prepararam para o cenário que todos vivemos e ao qual tivemos de nos adaptar. O mundo da aviação quase parou; os nossos hábitos alteraram-se e, agora, há que encontrar, pelo menos temporariamente, uma nova forma de estar e de viajar.

Ao longo dos últimos meses, transformámos a nossa operação por forma a garantir o transporte diário de bens essenciais para o Arquipélago dos Açores e entre as suas nove ilhas: alimentos, material de uso hospitalar e assegurámos o transporte de casos de força maior. Em troca, recebemos o inestimável reconforto de quem nos faz sentir que cumprimos bem aquela que é a nossa principal missão.

A 29 de maio, demos início às ligações entre as Ilhas do Arquipélago dos Açores. Desde esse dia já transportámos 5096 passageiros satisfeitos. Agora, a 15 de junho, no dia em que celebramos 73 anos de voos comerciais, dá-se o reinício da operação aérea comercial para além das fronteiras do nosso Arquipélago. É uma data importante, em muitos sentidos e um momento histórico que não queremos deixar de partilhar consigo, que nos tem acompanhado ao longo deste nosso percurso.

Apesar da pausa necessária, não deixámos parada a nossa frota. Em terra, ao longo dos últimos meses, procedemos ao cumprimento do plano de manutenções profundas que havíamos traçado. Demos particular atenção à revisão de todos os interiores, aproveitando o momento para substituir ou higienizar em profundidade, acompanhamos a informação produzida pelos reguladores do sector, implementamos todas as recomendações. Foi feita uma cuidada revisão, incluindo a todos os sistemas de ar condicionado.  De igual modo, foram desinfetados todos os elementos que servem ao uso do passageiro. Já o fazíamos antes, mas este novo momento que vivemos exigiu o desenho de novas medidas e reforço de procedimentos operacionais.  E antes de dar por concluída a implementação de medidas de segurança adicionais, procuramos recolher a opinião e o sentimento dos passageiros frequentes das nossas companhias aéreas.

Há quem diga que o mundo das viagens jamais será o mesmo. Na SATA acreditamos que o mundo das viagens poderá vir a ser ainda melhor. Viajar é mais do que uma experiência agradável, é mais do que conhecer sítios diferentes, viajar é uma forma de estar no mundo. Façamos com que os resultados das ações de cada um de nós seja sustentável, responsável e dê origem, sempre, a momentos felizes.

Apesar dos redobrados cuidados, sabemos que a retoma dos voos será gradual. Ir com mais calma é também zelar pelo bem-estar de todos. E é esta a nossa principal preocupação. Assegurar-nos que o seu regresso a bordo da SATA é um momento tranquilo, confortável, quase como um regresso a casa.

Venha connosco realizar sonhos, fazer negócios, visitar quem ama. Faça-o de forma consciente, cuidada, sustentável. Faremos o mesmo, aqui do nosso lado, com todo o cuidado, ansioso por voltar a recebê-los em terra e a bordo.

Luís Rodrigues
Presidente do Grupo SATA