A História Cronológica da maior prova desportiva dos Açores

“É com muito prazer que a Azores Airlines se associa a esta competição automobilística, contribuindo para o desenvolvimento de um rallye que muito nos orgulha pelo patamar a que chegou e que tem levado os Açores aos quatro cantos do mundo.“ – Paulo Menezes, Presidente do Conselho de Administração do Grupo SATA

O Azores Airlines Rallye é organizado pelo Grupo Desportivo Comercial com o apoio do Governo Regional dos Açores e do Grupo SATA, assim como de várias entidades públicas e privadas.

rallye_cronologia_1140x450

1965 – Teve lugar a primeira edição do Rallye dos Açores, na altura designado por Volta à Ilha de São Miguel. Pilotos açorianos competiram, pela primeira vez nos Açores, ao lado de pilotos de renome nacional.
1968 – A prova passa a integrar o campeonato nacional de rallies.
1972 – Na sua oitava edição, o rallye ganha o estatuto de prova internacional e começa a conquistar o mundo.
1973 – Chegam as primeiras equipas internacionais ao rallye e o italiano Giovanni Salvi vence a competição, o que viria a repetir em 1976.
1992 – O rallye passou a integrar o Campeonato FIA da Europa de Rallies, primeiramente em coeficiente 2, tendo ao longo dos anos subido a coeficiente 5 e 10.
1999 – O rallye é renomeado para SATA Rallye Açores.
2001 – Esteve presente no rallye, e venceu a prova, um tetra campeão do mundo (1986, 1987, 1991 e 1993), o finlandês Juha Kankunnen num Subaru Impreza WRC.
2008 – Abre-se a oportunidade da prova pertencer à mais mediática competição motorizada da altura, o Intercontinental Rally Challenge (IRC), promovida pelo canal televisivo Eurosport. O SATA Rallye Açores assume o papel de IRC Supporter Event, sendo que a partir do ano seguinte passa, por direito pleno, a pertencer ao conjunto de provas âncora daquela competição.
2013 – Fruto da Parceria da Federação Internacional de Automobilismo e a Eurosport, que vinha a promover o IRC, o SATA Rallye Açores passa a integrar o tão ambicionado calendário do FIA European Rally Championship, estatuto que mantém até hoje.
2015 – A prova assinala as 50 edições com pompa e circunstância, contando com uma das maiores e mais internacionais listas de inscritos e vê reconhecida pelo promotor do campeonato a sua importância, ao ver duplicados, em valor, os prize money atribuídos aos vencedores.
2016 – O rallye passa a assumir a designação de Azores Airlines Rallye, surgindo com uma nova imagem e continuando, tal como há mais de 50 anos, a ser um dos maiores cartazes de promoção dos Açores no mundo.

Texto de Carla Marques